Como é a fabricação de um barco artesanal?

P1040101.jpg

Poucas coisas mexem tanto com o imaginário quanto um belo barco navegando em águas silenciosas. Quando a embarcação é produzida artesanalmente, o valor agregado aumenta ainda mais, seja pelo esmero e atenção devotados a cada pequena parte do processo, pela história por trás da técnica ou pela qualidade dos materiais empregados. Mas você conhece todas as etapas da fabricação de um barco artesanal? Para quem está habituado a ver apenas o produto pronto, saber como cada parte do nascimento de uma embarcação dessas é levada a cabo é presenciar verdadeiros momentos de criação.

Trabalho começa antes de o projeto sair do papel

Cascos, cabines, decks, interiores. Um conjunto de peças e ambientes que dão forma a sonhos, são capazes de encher os olhos d’água e refletir um estilo de vida. Para chegar ao resultado final, no entanto, as etapas são muitas e o tempo varia de acordo com a complexidade do projeto, o tipo de barco, o talento dos envolvidos e os métodos utilizados.

De uma forma geral, a primeira parte do processo é o design, que define a sua aparência, parte estética, tamanho e todas as especificações, como os materiais que serão empregados. Em um segundo momento há o planejamento, quando são determinadas, uma por uma, as demais fases da construção.

A terceira fase é a parte da coleta de materiais. É nessa etapa que é feita a escolha da nobreza dos materiais empregados, como tipos raros de madeira, acessórios vintage ou qualquer componente que seja mais difícil de obter – e que por isso mesmo valorizam ainda mais o resultado final. Apenas depois de todo o material coletado é dado início à fase de construção do barco.

Construção: toda atenção inicial é dada ao casco

Uma vez de posse de todo o material necessário, a construção do barco artesanal é iniciada pelo casco. A etapa começa com o esforço para dobrar e moldar a madeira laminada de forma que fique parecida com uma caixa torácica.

Para isso, a técnica mais utilizada é a “cold molded”, capaz de criar estruturas ao mesmo tempo fortes, resistentes e duráveis, mas também leves e eficientes. Ela é feita através da laminação com várias camadas de madeira agrupadas e talhadas nas proporções adequadas de forma que o acabamento seja impecável, com emendas praticamente invisíveis, mesmo nas áreas com pouco acesso visual, como o costado interno e o porão.

A madeira laminada é então colada e impregnada com resina epóxi, um preparado especial utilizado nas embarcações do Estaleiro Kalmar, que empresta não apenas impermeabilização, mas também um perfeito acabamento. Além desses, é aplicado ainda verniz marítimo que garante ainda mais resistência e durabilidade à peça.

Acabamentos da embarcação

Depois de o casco estar pronto, são colocados os demais itens, como bancos, controles e acabamentos – pisos, estofados, deck se houver e também os acessórios. Assim como o casco, esta também é uma importante parte da fabricação de um barco artesanal, emprestando identidade à embarcação. No Estaleiro Kalmar, um dos mais tradicionais do país, a equipe de artesãos altamente qualificada em construção naval preza pela qualidade em cada mínimo detalhe, fazendo com que cada embarcação saída de suas instalações pareça ter vida própria.

Além da produção de verdadeiras obras de arte artesanais, o Kalmar também realiza serviços de manutenção e restauro, como recuperação de pinturas, decks, interiores e embarcações antigas em sua totalidade, assim como produz a sua modernização se necessário ou desejado.

Quer saber mais sobre os barcos artesanais do Estaleiro Kalmar? Clique aqui e descubra tudo sobre esse mundo de beleza e requinte!

Comentários

comentários

Deixe uma resposta